Carta aos Efésios

O apóstolo Paulo não precisava corrigir nenhuma heresia, nem advertir algum pecado. Estava preso, e por isso, teve tempo para escrever uma das mais sublimes cartas sobre a Igreja de Jesus




A Carta de Paulo aos Efésios é o décimo livro do Novo Testamento, e a quinta carta do apóstolo Paulo na sequência disposta no Novo Testamento, sendo uma daquelas que ele escreveu enquanto estava na prisão.

Nessa carta, sem a pressa costumeira e sem a necessidade de incluir respostas e debates, Paulo se dedica a escrever um belíssimo tratado sobre a beleza e a unidade da igreja.

Leia também:
Cartas da Prisão

A história da carta

A Carta aos Efésios foi escrita pelo apóstolo Paulo à igreja de Éfeso, e também às igrejas da região (1.1) tendo sido levada por Tíquico (6.21), junto das cartas à igreja de Colossos e a Filemon. Ela foi escrita por volta do ano 60-62 d.C, ocasião de sua prisão domiciliar em Roma.

Sabemos que essa Carta foi escrita e enviada junto das Cartas a Colossenses e a Filemon por duas razões. A primeira delas é a menção a Tíquico como aquele que iria levar a carta às igrejas. Ele é mencionado tanto em Efésios (6.21), quanto de forma semelhante em Colossenses (4.7-9). E Colossenses faz essa ligação entre Filemon e Efésios.

Tíquico não quis evitar a fadiga

Naquele período, o serviço postal romano servia apenas a negócios oficiais e qualquer pessoa que desejasse enviar uma carta necessitava de um portador. Tíquico, que era natural de Éfeso, foi um evangelista do apóstolo e, nessa ocasião, serviu-lhe de carteiro.

A segunda razão é a abundante semelhança entre Efésios e Colossenses. Por exemplo, 75 dos 155 versículos de Efésios estão em Colossenses. Confira, por exemplo: Cl.1.23-29 e Ef. 3.1-13 ; ou Cl. 3.5-17 e Ef.4.17-32 entre outros exemplos.

Diante disso, relaciona-se o contexto de escrita da carta aos Colossenses com a carta aos Efésios, de modo que o contexto e as pessoas citadas naquela carta apontam para a prisão domiciliar de Paulo em Roma, entre 60-62 d.C. Em Efésios, Paulo também refere-se à sua prisão (3.1, 6.20).

A principal dificuldade com essa carta, no entanto, está relacionada aos seus destinatários. Isso porque alguns dos manuscritos mais antigos da Carta, como o Códice Sinaítico e o Códice Vaticano, ambos do século IV, entre outras fontes, não mencionam a expressão “Em Éfeso”, de 1.1. No lugar, está “aos santos fiéis em Cristo Jesus” apenas.

Marcion sempre criando confusão

Para piorar, o herege do 2° século Marcion refere-se a essa carta como a Carta aos Laodicenses, mencionada em Colossenses (Cl.4.16).  Porém, essa ideia foi rapidamente descartada devido a algumas evidências, especialmente por causa da distinção que o Fragmento Muratoriano, também do século II, faz entre essa Carta aos Laodicenses e a carta aos Efésios.

Apesar desses manuscritos mais antigos omitirem a expressão “Em Éfeso”, entende-se que essa omissão ocorreu de forma intencional a fim de que essa carta fosse lida por outras igrejas na região. Afinal, mesmo sendo omitida, a sintaxe grega da frase exige que haja a tal expressão “Em Éfeso”, sustentando que ela foi tirada intencionalmente.

Além do mais, a Carta aos Efésios possui uma característica distinta de outras cartas. Não há muitas menções pessoais, e o apóstolo não parece escrever especificamente para a igreja de Éfeso, uma localidade em que residiu por três anos e tinha amigos muito próximos. A carta tem um tom impessoal. Isso se deve ao fato de que ela não foi escrita especificamente a Éfeso e sim à região, ou seja, às igrejas das províncias da Ásia. Entende-se, assim, que, embora primeiramente a carta tenha sido escrita a Éfeso, ela foi escrita também como uma Carta Geral, e cópias foram distribuídas às demais igrejas da região com a omissão a Éfeso.

Assim, sabemos que a Carta aos Efésios foi escrita pelo apóstolo Paulo e enviada junto das Cartas a Colossenses e Filemon, por Tíquico, não apenas para ser lida na igreja de Éfeso, mas por todas as igrejas da região.

O conteúdo da Carta

A carta que Paulo escreve da prisão aos Efésios é diferente das demais cartas. Ela possui um tom mais sublime que as outras. Paulo não a escreve em resposta a alguma questão difícil, ou para corrigir algum erro doutrinário. Aparentemente, Paulo escreve uma Carta com o desejo de instrução teológica somente. E, como estava na prisão, escreve com mais calma e tempo. Daí que Efésios saiu um documento mais parecido com uma oração, ou um sermão que uma carta propriamente dita. Por exemplo, a carta não possui referências pessoais, nem saudação, nem recados particulares. O que surpreende, afinal a igreja de Éfeso era uma das igrejas mais próximas do apóstolo.

Em Efésios, Paulo desenvolve com mais propriedade alguns temas que vinha desenvolvendo em Colossenses, como por exemplo a ideia de uma Igreja Universal. Aliás, esse será o grande tema da Carta, o propósito de Deus para a Igreja, em Cristo.

Paulo pregando em Éfeso e a queima de livros mágicos pelos convertidos, um dos episódios de Atos 19.
1649, por Eustache Le Sueur

A cidade de Éfeso era a capital da província da Ásia, na costa oeste da Ásia Menor, situada entre as duas metades Ocidente/Oriente do Império Romano. Estava entre as duas maiores cidades romanas do primeiro século e se tornou o centro da evangelização da Ásia Menor, levando Paulo a desenvolver laços profundos com os moradores da cidade (At. 19.10, 20.16-38).

A cidade era conhecida sobretudo devido ao culto à deusa Diana. O templo dedicado à deusa alimentava o comércio e a cultura da cidade, e por causa dela, a cidade era uma das mais requisitadas da Ásia. Talvez fosse para contrapor o culto à Diana que Paulo estivesse apresentando a Igreja como uma Noiva Gloriosa submissa ao Noivo (Ef.5.25-27) e apresentando seu povo como santuário do Senhor (Ef.2.21).

Mas, para além da audiência de Éfeso, a carta era destinada às províncias da Ásia onde viviam uma diversidade de povos. E para eles, Paulo desejou apresentar o propósito de Deus em criar uma nova humanidade através de Cristo Jesus, em que eles não seriam mais gentios, nem forasteiros, mas concidadãos dos céus (Ef.2.11-22).

A base para apresentar essa nova humanidade é através da união com Cristo, e Paulo expressa essa união com a expressão “em” ligado a Cristo. Ele a utiliza 90 vezes nessa pequena carta.

Assim, a Igreja de Jesus Cristo é o grande tema da Carta aos Efésios, igreja universal, que representa a nova humanidade de Deus, unida espiritualmente a Jesus Cristo, de quem Ele é o Cabeça.

Resumo por capítulos

Capítulos 1

Paulo bendiz a Deus pela eleição e predestinação de Deus, pela redenção em Cristo e pelo selo do Espírito Santo para a igreja, para o louvor da Glória de Deus. Paulo ora pela igreja para que cresça no conhecimento de Cristo.

Capítulos 2

A carta lembra aos leitores que antes eles estavam mortos, levados pelos próprios desejos, mas que agora foram alcançados pela misericórdia de Deus, recebendo, pela graça, nova vida em Cristo. Lembra ainda que eles eram como estrangeiros e gentios para Deus, mas que em Cristo eles se tornaram concidadãos dos céus, reconciliados com Deus, uma nova humanidade.

Capítulos 3

Paulo fala de sua própria responsabilidade de servir os gentios com as riquezas de Cristo, o mistério que foi revelado por meio do Espírito Santo aos apóstolos e profetas, isto é, que os gentios são coherdeiros da promessa de Deus. Paulo ora para que sejam fortalecidos e que compreendam o amor de Deus.

Capítulos 4

Paulo roga aos crentes para que vivam de maneira digna da vocação deles, dando diversos exemplos, como viverem em unidade no corpo e através da diversidade de dons. Dá outros diversos modos como eles devem viver de acordo com a nova humanidade.

Capítulos 5

Paulo ordena que imitem a Deus através do amor uns com os outros, de uma vida em comunidade cheia do Espírito e submissos nas relações de marido e mulher.

Capítulos 6

Também que fossem submissos nas relações pai e filho e senhor e escravos. Ordena-lhes que sejam fortalecidos por meio da armadura de Deus. Pede que orem em todas as ocasiões e por ele mesmo. Faz uma saudação final.

Consulta

Introdução ao Novo Testamento – D.A.Carson
Manul Bíblico Unger

Infocard

Comente o que achou!